segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Jogos&Vidas

Ao pegar no jornal de fim-de-semana, começo sempre por uma rápida olhadela às inúmeras brochuras de publicidade e suplementos que avolumam o saco, por forma a deitar logo para o lixo a maior parte da papelada. Ontem, ao cumprir esta função, dei de caras com um “Especial Jogos”: uma selecção dos melhores jogos para a PlayStation, a pensar nas crianças, das mais pequenas às maiorzinhas. Entre outros, fiquei a conhecer o Assassin´s Creed.
“Experimenta a arte de um assassino! Assassin´s Creed é o jogo da próxima geração que irá redefinir o género de acção. Tu és um assassino, um guerreiro envolto em mistério e temido pela sua crueldade. As tuas acções podem lançar o ambiente circundante no caos”.

(…)

Na semana passada fui visitar um amigo ao EPL de Lisboa. Condenado recentemente a 5 anos, esta é mais uma reincidência na prisão, provocada por uma vida de drogas e crime. (Tenho no entanto que sublinhar que o conheci também numa outra”vida”, capaz de gestos de amizade sincera e de sinais de grande bondade de coração).
À despedida disse-lhe: “os meus filhos mandam-te um abraço”.
Sorriu e perguntou: “ o João continua a brincar com pistólas? Diz-lhe que se deixe disso.”
Enchi-me de razão e respondi: “não acho mal que ele brinque com pistólas na idade certa….”, e continuei o meu raciocínio, aproveitando mais esta oportunidade para lhe dar um pequeno sermão.
Ouviu, e no fim insistiu: “Ok, mas de qualquer modo diz-lhe que não brinque com pistólas.”

2 comentários:

Anónimo disse...

Dá que pensar!! Os monstros estão à solta!

joana disse...

É de facto assustador, assim como é assustadora esta história dos miúdos daquela escola em Aveiro. Há muitos pais que largam os filhos em frente à tv, ao computador e aos jogos tipo play station e afins e depois temos meninos como os de Aveiro ou daqueles que entram pelas escolas e universidades dentro e desatam a matar colegas e professores e tudo o mais. Isto tem que levar uma volta séria e radical e começa em casa!
um abraço,

Joana