sábado, 26 de maio de 2007

Para sempre

Há dias, cá por casa, festejámos o nosso matrimónio.
Que repouso quando nos é dado a conhecer a quem pertencemos e quem nos pertence,e livremente fazemos essa escolha de sermos uma só carne. Até que a morte nos separe.
E que privilégio sabermos que nesta aliança testemunhamos uma outra Aliança: “do Criador com a criatura da Misericórdia com o pecador”. Que Graça,esta comunhão ser imagem e semelhança da Comunhão Maior!
Num tempo em que o relativo e o efémero é cada vez mais absoluto, é bom ter esta certeza: o ‘sim’ que nos dissemos (e dizemos), é para sempre. Que Bem!

2 comentários:

João Távora disse...

Um grande abraço, deste que sempre vos toma por exemplar família em Cristo!

Joana Quintela disse...

Parabéns aos dois, e que Deus vos abençoe!